Mostrar mensagens com a etiqueta Cultura. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Cultura. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 26 de abril de 2017

viagem no tempo ao longo de 400 anos” pelas ruas do centro histórico da Guarda

Todos os meses, as noites da Guarda andam para trás 400 anos


Um tabelião do reino vai conduzir os participantes numa “viagem no tempo ao longo de 400 anos” pelas ruas do centro histórico da Guarda. Uma visita encenada mensal, à qual não faltará “humor, música e trajes a rigor”. A primeira é já para a semana.
Entre Maio e Outubro, a noite da primeira sexta-feira de cada mês receberá uma das seis visitas encenadas ao centro histórico da Guarda, realizadas pelo grupo Hereditas, em parceria com o Clube Escape Livre. A estreia decorre já na próxima semana, a 5 de Maio.
O passeio nocturno, guiado por um tabelião do reino, interpretado por Daniel Martins (coordenador do grupo de investigação e divulgação do património da Guarda), vai levar os participantes numa “viagem no tempo ao longo de 400 anos” pelas ruas da cidade, “traduzida em cerca de 90 minutos de história, estórias, humor, música e trajes a rigor”.
A encenação – “recheada de factos, curiosidades, música e boa disposição” – percorre a história da cidade desde a “atribuição do foral, em 1199, até à fusão ibérica, em 1580”. Segundo Daniel Martins, um período em que “a Guarda teve uma função essencialmente militar, de guarda à fronteira e ao bispado”.
O objectivo da iniciativa é duplo: dinamizar o centro histórico e dar a conhecer o património de uma cidade com mais de 817 anos. Uma “aula dinâmica de história”, definia Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre, em Janeiro, durante a apresentação do novo projecto de animação turística.
Para o coordenador do grupo Hereditas, as visitas encenadas são também uma forma de “traduzir” o património e torná-lo mais “acessível a todos os tipos de público”, geralmente arredados dos trabalhos de investigação, que utilizam “uma linguagem mais técnica”.
O trabalho do grupo Hereditas, actualmente composto por 12 elementos (vindos de áreas como história, artes performativas, música, arqueologia ou desporto), centra-se na “investigação e divulgação patrimonial, natural, ou humana, material e imaterial”, apresentada “de forma criativa para diferentes públicos”.
Informações
Ponto de partida: Praça Luís de Camões
Início: 22h
Duração: cerca de 90 minutos
Inscrições: podem ser feitas antecipadamente no Welcome Center (localizado na mesma praça) ou através do Clube Escape Livre (presencialmente na sede – Rua Marquês de Pombal; por telefone – 271 205 285; ou por email – escapelivre@escapelivre.com) ou no próprio dia, antes do início da visita, directamente com o grupo Hereditas.

Fonte: " Fugas Notícias"




segunda-feira, 10 de abril de 2017

Via-Sacra “Encenação da Paixão e Morte de Jesus”

capa

No dia 14 de abril, Sexta-Feira Santa, pelas 21.30h, e com início junto à Igreja de Santo António, a cidade de Pinhel volta a ser palco de uma grande manifestação artística de Fé através da encenação da Paixão e Morte de Jesus. Esta iniciativa resulta de uma parceria que a Paróquia e o Município de Pinhel têm vindo a desenvolver ao longo dos últimos anos, afirmando-se já como um marco na Comunidade na medida em que é considerada por muitos como um dos eventos mais relevantes do concelho. Ao promover esta recriação, pretende-se levar os participantes a lembrar e a meditar sobre os passos de Jesus Cristo a caminho da sua Morte e Ressurreição, um percurso marcado pela dor e pelo sofrimento, mas também pela fé e pela esperança.
See more at: http://cm-pinhel.pt/agenda-cultural/via-sacra-encenacao-da-paixao-morte-jesus/#sthash.FCX84d3b.dpuf

quarta-feira, 15 de março de 2017

Apresentação da Sinalética Turística Inteligente na BTL 2017- ia 16 de março, no stand da Entidade Regional Turismo do Alentejo e Ribatejo .

O Município de Reguengos de Monsaraz vai implementar um sistema de sinalização e informação turística inteligente no concelho, baseado numa nova tecnologia com dispositivos electrónicos denominados “beacons”. Estes dispositivos serão colocados nos postos de turismo e nas placas de sinalização turística pedonal e vão fornecer informação actualizada aos turistas através de BLE – Bluetooth Low-Energy para os smartphones com sistemas operativos Android e IOS, após descarregarem uma aplicação.
A autarquia vai substituir todas as placas turísticas de informação pedonal do concelho para que exista uniformização e coerência na sinalética. Quando o turista se aproximar das placas receberá informação no seu smartphone em vários idiomas através do “beacon” instalado nesse local, permitindo-lhe compreender a sua localização com alto grau de precisão, assim como os pontos turísticos que se encontram nas proximidades, as unidades de alojamento, os restaurantes, os operadores turísticos, os produtores de vinho, o comércio, as exposições que pode visitar e toda a programação cultural no concelho.
Com a implementação do sistema de sinalização e informação turística inteligente, José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, diz que “o concelho vai ser o primeiro destino turístico inteligente em Portugal, ligando residentes, turistas e visitantes aos locais de interesse, transmitindo-lhes informações atualizadas e contextualizadas de acordo com o sítio onde estão e propondo-lhes sugestões de visitas”. O autarca afirma que “este sistema vai também contribuir para o desenvolvimento económico, para beneficiar a segurança rodoviária e a circulação pedonal, assim como para melhorar a imagem do concelho com uma sinalização homogénea de menor impacto visual na paisagem e no espaço urbano”.
O sistema de sinalização e informação turística inteligente foi apresentado na Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz pela empresa Sismotur, que instalou esta tecnologia em 2014 no município espanhol de Aranda de Duero para promover a Rota do Vinho Ribera del Duero, o primeiro local na Europa a transmitir informação aos turistas através de “beacons”.

http://news.cm-reguengos-monsaraz.pt/r.html?uid=1.12.kqy.25.2utp2g3v7e
http://news.cm-reguengos-monsaraz.pt/r.html?uid=1.12.kqy.26.2w0jc216sw

terça-feira, 14 de março de 2017

CONFERÊNCIA EDUCAÇÃO E CINEMA- GUARDA


A Escola Secundária Afonso de Albuquerque, na Guarda, recebe no dia 22 de março, das 15h às 18h, uma ação de formação subordinada ao tema Educação e Cinema – Desconstruções Pedagógicas, destinada a professores. A ação, promovida pelo Centro Local de Aprendizagem da Universidade Aberta do Sabugal, é dinamizada pelo Prof. Doutor José António Moreira, Professor Auxiliar no Departamento de Educação e Ensino a Distância da Universidade Aberta, e acreditada pelo Centro de Formação de Professores de Guarda-Raia. A entrada é gratuita, mas carece de inscrição. Sinopse: A aprendizagem em rede e as potencialidades do software social trouxeram novos e estimulantes desafios para os sistemas educativos e para os seus profissionais. Um dos principais desafios prende-se com a necessidade de conceber uma “nova” didática para a docência que deve basear-se não só nos conhecimentos científico, tecnológico, curricular e pedagógico, mas também num conhecimento científico e pedagógico da tecnologia audiovisual que permita planear, conceber e utilizar recursos audiovisuais e tecnologias digitais no processo educativo e formativo de forma eficaz. Assim, com o intuito, de estudar fundamentadamente estas questões, mas também de procurar ajudar educadores e formadores a utilizar pedagogicamente este tipo de recurso, nesta ação são apresentados alguns exemplos de estratégias e um modelo pedagógico para desconstrução de filmes, adaptável a qualquer contexto e ambiente educativo.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Exposição Transversalidades 2016 - Fotografia sem fronteiras

Exposição Transversalidades 2016Será inaugurada no dia 25 de novembro, pelas 18h, na Galeria de Arte do Teatro Municipal da Guarda, a Exposição "Transversalidades: coordenadas e sinais de mudança".

O projecto “Transversalidades – Fotografias Sem Fronteira” nasceu da vontade de aproveitar o valor estético e pedagógico da fotografia para valorizar territórios com menos visibilidade e de fomentar as trocas entre territórios fronteiriços de matriz ibérica.

É, sem dúvida, uma aposta no reforço do eixo cultural e científico Guarda, Coimbra, Salamanca e da cooperação e envolvimento ativo das pessoas e instituições de todos os países de expressão ibérica. Esta exposição de fotografia mostra obras premiadas de alguns dos melhores fotógrafos oriundos de todas as geografias do planeta.

A mostra estará patente de 25 de novembro a 28 de janeiro de 2017.

in http://www.cei.pt/noticias/noticias.htm#notic16_06

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Aberto para obras – I Salão de Outono" no Museu da Guarda

Na quinta-feira, dia 13 de outubro, arranca na "cidade mais alta" a iniciativa "Aberto para obras – I Salão de Outono" no Museu da Guarda. Recuperando a tradição das mostras outonais, o Município da Guarda promove a exposição das obras originárias do I Simpósio Internacional de Arte Contemporânea Cidade da Guarda (SIAC) como a Escultura, a Pintura e a Serigrafia, com outras expressões que marcaram presença também no mesmo SIAC, nomeadamente a Poesia, a Música e o Cinema. A iniciativa decorrerá entre os dias 13 de outubro e 30 de novembro e contempla as áreas plásticas referidas, estando presentes todos os artistas e criadores do SIAC. Será apresentado também o Catálogo do Simpósio, no último dia deste Salão de Outono.

Recorde-se que o I SIAC – que decorreu entre maio e junho passados na Guarda - reuniu artistas dos vários ramos da criação plástica e produziu um acervo que hoje integra as coleções do Museu da Guarda, agora sob a tutela do Município. Embora a escultura esteja já em espaço público na cidade, a Pintura, a Fotografia e a Serigrafia saídas daquele evento ainda não tinham tido exposição pública. Este é pois o objetivo deste Salão de Outono, a inclusão catalogal das obras do SIAC no espaço do Museu da Guarda. Da mesma forma, pretende-se que cada artista tenha a oportunidade de poder apresentar obras inéditas produzidas entretanto,  e que seguirão depois para outras exposições nomeadamente em Lisboa e Madrid.
De realçar ainda a importante componente pedagógica deste Salão de Outono pois estão previstas várias visitas guiadas à exposição por parte das escolas do concelho da Guarda.

Ler mais:http://www.mun-guarda.pt/Noticias/471-aberto-para-obras-1-salao-de-o.aspx
 

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

CineEco 2016 – XXII Festival Internacional de Cinema Ambiental

 
 
O 22 º CineEco é organizado pelo Município de Seia, decorre de 8 a 15 de outubro, na Casa Municipal da Cultura, com exibição de cerca de 100 filmes nas várias competições e sessões especiais, inspirados no tema Nuclear, Não Obrigado!
As sessões têm entrada livre, à excepção das sessões infantis de sábados e domingo.
Durante uma semana Seia é a capital do cinema ambiental.
 
CineEco 2016, com filmes que podem mudar o mundo!
 
The 22nd CineEco is organized by Seia Town Council, and it runs 8-15 October in the Municipal House of Culture, with about 100 films in various competitions and special screenings. The festival is inspired by the return of  the slogan Nuclear, No Thanks!
All sessions have free entrance, except for the children's screenings on Saturday and Sunday. For a week Seia is the environmental movies capital.
 

quinta-feira, 22 de setembro de 2016



"Comunidades e Culturas" é o tema deste ano das Jornadas do Património que o Município da Guarda promove entre 19 e 25 de setembro na "cidade mais alta", numa iniciativa do Conselho da Europa.
A temática escolhida pretende destacar e envolver as múltiplas formas da comunidade, como escolas, bairros, clubes ou associações vocacionadas para o conhecimento, proteção, desenvolvimento, utilização e organização dos seus próprios ambientes culturais, nas mais variadas formas.

Ler mais: http://www.mun-guarda.pt/Noticias/463-jornadas-europeias-do-patrimon.aspx

quarta-feira, 11 de maio de 2016

GARDUNHA FEST 27 a 29 de Maio















Nota de Imprensa

Assunto:
Gardunha Fest. dias 27, 28 e 29 de maio no Fundão

O Festival de curtas metragens Gardunha Fest. tem a sua terceira edição de 27 a 29 de maio de 2016, no Fundão.
O programa inicia na sexta-feira em plena serra da Gardunha a cargo do grupo musical tradicional ‘Manta de Ourelos’, seguidos pelos VJ ZEEB. O dia de sábado inicia com um workshop de cinema. Durante o fim-de-semana há um especial realizador Miguel Gonçalves Mendes, natural da Covilhã e autor de filmes como ‘José e Pilar’. Haverá exibição de filmes, um passeio pedestre ao cosmódromo, local da Gardunha onde alguns argumentam ser o local de aterragem de OVNIS, um espetáculo de dança contemporânea e entrega de prémios.
É assim por isso um programa vasto e variado.

Recorde-se que os filmes a concurso, inclui uma secção de filmes participantes júnior e outra em secção sénior. Os filmes participantes têm de ter o tema do festival incluído: ‘paranormal’, que deve ser explícito nos filmes a concurso.
Este ano há filmes de excelente qualidade, selecionados em mais de 100 filmes recebidos pela organização, um pouco de todo o mundo. São 34 os filmes exibidos a concurso, nas categorias de animação, experimental e ficção.

De características únicas, a Serra da Gardunha não é apenas visitada pela sua beleza natural e paisagística. São muitos os que aqui acorrem para estudar, investigar, ou apenas como curiosos da temática. Para céticos ou não, a Serra da Gardunha proporciona motivos de encanto, interesse, curiosidade ímpares.
É nesta ligação entre a cidade e a serra, que a compõe paisagisticamente, que se idealizou este Festival. Para que sejam recebidos e desenvolvidos filmes interessantes e curiosos, numa temática desafiante e, no entanto, tão tradicionalmente portuguesa, enraizada desde há séculos, sob períodos de tão diversas conjunturas: o paranormal.
Acreditamos que este será um fantástico fim-de-semana, que proporcionará a quem participar num programa repleto de bons motivos, a descoberta de uma região e o porquê deste misticismo em redor da serra da Gardunha.


Filmes a concurso:

Categoria Júnior:
Ficção
A menina que ri (Lucas Cardoso e Pilar Cardoso; Fundão, Portugal)
Impossivelmente real (João Sampaio e João Mingote; Covilhã, Portugal)
Possessed girl (Ana Fazenda, Carolina Dionísio e Luís Proença; Covilhã, Portugal)
Precedência da vida (Bárbara Silva e Luís Vaz; Covilhã, Portugal)
Unknown (Gonçalo Gomes e João Garcia; Covilhã, Portugal)




Categoria Sénior:
Animação
Fight (Seteven Subotnick; E.U.A.)
Little girl (Seteven Subotnick; E.U.A.)
O Cabeçudo (Nelson Fernandes; Fundão, Portugal)
Pig (Seteven Subotnick; E.U.A.)
Sampson The Badminton Boy (Chae Won “Chelsea” Han; EUA)
The guillable kiss of Mr Patokos (Alexandros Apostolakis; Grécia)
Zombies para crianças (Pedro Santasmarinas; Porto, Portugal)


Experimental
Amon (Gian Mario Ortu; Inglaterra)
Desde da Terra dos Sonhos (Macdan; Castelo Branco, Portugal / Inglaterra)
Monotone red-colored Gnome (Vera Sebert; Áustria / Alemanha)
(NULL) (David Gesslbauer e Michael Lange; Alemanha)
Out OF The Necktie (Moslem Al Jubouri; Iraque)


Ficção
A tua plateia (Óscar Faria; Porto, Portugal)
Acabo de ter um sonho (Javi Navarro; Espanha)
Asas (Adriana Ventura; Lisboa, Portugal)
Ermida (Vasco Esteves; Santarém, Portugal)
Estranha Ligação (Maria Ana Marques; Vila Nova de Famalicão, Portugal)
(Des)ligado (Diogo Simão; Faro, Portugal)
Hoje não dormes sozinha (André Filipe Nunes Rodrigues; Coimbra / Covilhã, Portugal)
Can you hear me? (Fernando G. Pliego; Espanha)
MOS (Bernardo Gomes de Almeida; Lisboa, Portugal)
My Self (Tiago Miguel Pereira da Costa; Porto, Portugal)
Next! (Bartek Sozanski; Suiça)
O Arquivo (Pedro Caldeira e Paulo Graça; Lisboa / Castelo Branco, Portugal)
OOBE (Joana Sousa e Manuel Carneiro; Lisboa, Portugal)
Rememoração (André Filipe Nunes Rodrigues; Coimbra / Covilhã, Portugal)
Se o dia chegar (Pedro Santasmarinas; Porto, Portugal)
The Headless Nun (Nuno Sá Pessoa; Lisboa, Portugal)
Three Wise Monkeys (Miguel Ángel Font; Espanha)


Júri

António Pereira (Presidente de Júri)
Nascido em 1967, na cidade da Covilhã.
Professor de Artes Visuais no Agrupamento de Escolas do Fundão. Obteve a licenciatura em Escultura e mais recentemente o grau de Mestre em Ensino de Artes Visuais.
Diretor artístico de vários projetos da Histérico - Associação de Artes da qual é fundador. Coordenador do Grupo de Teatro Histérico do Fundão desde 1995/1996.
Participou como ator e na direção de atores em diversas curtas metragens.
Afonso Fontão
Nasce em 1979 no Fundão. Estudou na Faculdade de Belas Artes de Lisboa e, desde aí, começou a dedicar-se a projetos artísticos na área do vídeo e multimédia. Realiza algumas curtas-metragens e cruza a linguagem cinematográfica com projetos teatrais, na sua colaboração com a Companhia Cães à Solta nos espetáculos O Alienista e About: Blank.
Em 2009, inicia os seus estudos no curso de Design Comunicação e Produção Audiovisual (Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco) e funda as produções STAR, onde realiza projetos de cinema independente.
Colabora com a Terceira Pessoa e realiza o documentário Projecto Kurt Cobain: Work in Progress (2012). Co-fundador da ST Arte, assume a produção do 48 Hour Film Project em Castelo Branco desde 2014.

António Lopes
António Lopes nasceu em 20 de Julho de 1980 na Guarda.
É Licenciado e Mestrado em Cinema pela Universidade da Beira Interior (Covilhã, Portugal).
Em 2004 foi um dos fundadores do Cine Clube da Guarda, onde trabalhou como programador e projecionista.
Em 2011 foi um dos fundadores da “Ovelha Eléctrica Lda.” produtora de cinema e audiovisual, onde trabalha até hoje como produtor, realizador e editor.
Desde 2015 Professor das Oficinas de Cinema dos Agrupamentos de Escolas do Fundão e Trancoso no âmbito do Programa Europeu “Cinema, 100 anos de juventude”.

João Pedro Rato
Designer de comunicação, apaixonado por artes visuais, em particular fotografia, tipografia e, naturalmente, por revistas, tendo sido autor de diversos projetos gráficos.
Fundador e Diretor da Mutante, uma publicação digital criada em 2008, que alia a qualidade editorial à qualidade gráfica, numa linguagem dirigida a pessoas que vivem, sobretudo, nos grandes centros urbanos e procuram informação sobre novas tendências. Dedicada à arte, à cultura e ao lazer, a Mutante já passou por várias mutações, incorpora colaboradores do Brasil à Austrália e representa a vontade de entender o enorme desafio que se apresenta aos meios de comunicação na atualidade e na passagem à era digital.
Além de outros projetos de design, é Diretor de arte da "mais antiga revista portuguesa de vinhos", O Escanção.

Alcina Cerdeira
Com formação inicial em Educação Musical e Mestre em Administração e Gestão Educacional. Desempenhou cargos de Professora e Coordenadora do Departamento de Educação Artística.
Leccionou durante 6 anos no Instituto Politécnico da Guarda - Escola superior de Educação.
De 1993 a 2008 foi formadora no Centro de Formação de Professores do concelho do Fundão.
Desde 2009, assumiu o cargo de Vereadora da Educação, Ação Social, Saúde, Cultura e Património e Turismo no Município do Fundão.



PROGRAMA

Sexta-feira, 27 maio, serra da Gardunha - Natura Glamping, Alcongosta
21H00 Abertura do Festival com os 'Manta de Ourelos'
22H00 Set 'Visions N Music' by VJ ZEEB

Sábado, 28 maio, A Moagem:
10H00 - 13H00 Workshop “A Figura do Extraterrestre no Cinema” (Inscrições limitadas: 15 pessoas. Inscrição obrigatória)
15H00 Mostra 'Miguel Gonçalves Mendes': "Floripes"
16H30 Exibição das curtas metragens a concurso
21H00 Mostra 'Miguel Gonçalves Mendes': "Autografia"
22H45 Mostra de Curtas Metragens extra-concurso da 'Experimental Film Society' (Dublin)

Domingo, 29 maio, serra da Gardunha
09H00 Caminhada ao Cosmódromo (sítio da Penha) e visita à Aldeia Histórica de Castelo Novo
12H30 Almoço na Associação Sociocultural de Castelo Novo
Ponto de Encontro: 8H45 no Natura Glamping (Inscrições limitadas: 30 pessoas. Inscrição obrigatória)
A Moagem:
15H00 Espectáculo de Dança Contemporânea 'Estranha-se, Entranha-se'
15H20 Mostra 'Miguel Gonçalves Mendes': "Nada Tenho Meu"
16H00 Trechos do filme 'O Sentido da Vida', com presença do Realizador Miguel Gonçalves Mendes
17H00 Exibição dos Filmes vencedores do 'III Gardunha Fest.' e entrega de prémios


Inscrições e Informações:
Tlm.: 962 325 206 / 912 473 100
histericoartes@gmail.com / gardunhafest@gmail.com
http://gardunhafest.blogspot.pt

www.facebook.com/gardunhafest

segunda-feira, 18 de abril de 2016

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ARTE CONTEMPORÂNEA


28 de maio a 30 de julho
Terça a Quinta-feira 16H00-19H00 e 21H00-23H00
Sexta e Sábado 16H00-19H00 e 21H00-24H00
Inauguração  Sábado 18H00
Entrada Livre
 
SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ARTE CONTEMPORÂNEA
5 ROSTOS | 5 MUNDOS  CICLO EXPOSITIVO
DE HOMENAGEM AO ESCULTOR DA IBÉRIA
José Luís Coomonte
 

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Brigada Victor Jara no TMG a 23 de Janeiro

brigada_victor_jarra45919f5c_664x373
A o longo de quarenta anos, a Brigada Victor Jara gravou mais de uma centena de canções de raiz tradicional.
A Brigada Victor Jara vão subir ao palco do grande auditório do Teatro Municipal da Guarda no dia 23 de janeiro, às 21h30.
Ao longo de quarenta anos, a Brigada Victor Jara gravou mais de uma centena de canções de raiz tradicional. Quarenta anos são muitas cantigas, vindas de um chão em que viveram outras vidas. Onde foram eito de trigo, embalo de menino, incitamento de homens e de bichos, testemunho de fé. No palco ganham novos timbres, mais vozes, outras idades.
Nasceram no Verão quente de 1975, nas Campanhas de Dinamização Cultural e Acção Cívica do MFA. Foi entre Malpica e a Lousã, que começaram a descobrir a Música Tradicional, um gosto que se foi aprofundando e desenvolvendo no contacto com elementos do GEFAC. Eram todos jovens estudantes, empenhados na tarefa às vezes não fácil – mas gratificante – de levar melhorias às populações esquecidas pela ditadura anterior a 25 de Abril de 74, ao mesmo tempo que faziam passar a mensagem de um Portugal que se queria diferente. Em contacto com a tradição oral das cantigas que marcavam o dia-a-dia do mundo rural, decidiram juntar esforços, vozes e instrumentos e formar um grupo. E o nome, qual seria? Nada melhor do que o do cantor chileno Victor Jara, torturado e assassinado pelos militares da ditadura de Pinochet a 11 de Setembro de 1973 num estádio de Santiago, tendo o corpo sido posteriormente abandonado num bairro de lata da capital chilena. Nascia assim um dos mais importantes e duradouros grupos de Música Tradicional Portuguesa, que teve nas recolhas de Michel Giacometti e nos seus Arquivos Sonoros Portugueses a fonte onde a Brigada Victor Jara bebeu muitos dos ensinamentos que foi depois espalhando ao longo de quarenta ano
s.

In Beira.pt 

ExpoEstrela em Manteigas _ Fevereiro

Cartaz_ExpoEstrela2016De 6 a 9 de fevereiro, o Município de Manteigas promove mais uma edição da ExpoEstrela – Mostra de Atividades e Feira de Artesanato.
Artesanato, comércio, indústria, serviços, associativismo, gastronomia e animação vão marcar presença durante quatro dias, em que o concelho de Manteigas mostra o que de melhor tem para oferecer a quem a visita.
O programa desta 23ª edição conta com atuações da  Banda Boa União “Música Velha”, Zumba Show e Cleto no dia 6 de fevereiro (sábado).
No dia 7 de fevereiro, Jorge Palma & Orquestra de Sopros “Música Nova” e “The Sweet Childreen” vão animar os presentes.
Os D.A.M.A e os “Funk Pop Music” serão os protagonistas da noite de 8 de fevereiro.
O habitual desfile de Carnaval irá percorrer as ruas da vila serrana no dia 9 de fevereiro.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

CineEco anuncia seleção oficial 2015


CineEco anuncia seleção oficial 2015A 21ª edição do CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela, que vai realizar-se de 10 a 17 de outubro, colheu como inspiração para a sua Seleção Oficial a Encíclica Papal sobre as alterações climáticas e ambiente. O filme de abertura é ‘A Hora do Lobo’, do realizador francês Jean-Jacques Annaud, uma ficção sobre uma espécie em risco de extinção, igualmente na serra da Estrela.

Já é conhecida no  site do CineEco a lista oficial das obras selecionadas e a filosofia que marcou as escolhas de filmes para a edição nº 21 do festival, que decorre na Casa Municipal da Cultura de Seia, de 10 a 17 de outubro.
A Seleção Oficial CineEco 2015 inspirou-se na Encíclica do Papa Francisco, divulgada pelo Vaticano em junho passado, intitulada ‘Laudato Si, Sobre o Cuidado da Casa Comum’, um importante manifesto que coloca pela primeira vez a Igreja Católica no centro do debate ambientalista e climático e que antecipa de alguma forma a discussão da Conferência Mundial sobre as Alterações Climáticas, em novembro próximo.
Ao todo estão selecionados cerca de 80 filmes, de 20 países, repartidos por várias seções competitivas, onde se inclui Longas e Curtas Internacionais, Séries e Documentários de Televisão, Longas e Curtas da Lusofonia e Panorama Regional e todos manifestam a preocupação e o reconhecimento da responsabilidade da mão humana no aquecimento global e necessidade de mudarmos o nosso estilo de vida, para salvar o planeta. A Encíclica é um documento extraordinário, que tem sido saudado por líderes religiosos, ambientalistas, investigadores, dirigentes de organizações internacionais e naturalmente inspirou a organização do CineEco 2015.
 

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

CineEco anuncia seleção oficial 2015

21ª edição do CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela, que vai realizar-se de 10 a 17 de outubro, colheu como inspiração para a sua Seleção Oficial a Encíclica Papal sobre as alterações climáticas e ambiente. O filme de abertura é ‘A Hora do Lobo’, do realizador francês Jean-Jacques Annaud, uma ficção sobre uma espécie em risco de extinção, igualmente na serra da Estrela.
  
Já é conhecida no  site do CineEco a lista oficial das obras selecionadas e a filosofia que marcou as escolhas de filmes para a edição nº 21 do festival, que decorre na Casa Municipal da Cultura de Seia, de 10 a 17 de outubro.
 
A Seleção Oficial CineEco 2015 inspirou-se na Encíclica do Papa Francisco, divulgada pelo Vaticano em junho passado, intitulada ‘Laudato Si, Sobre o Cuidado da Casa Comum’, um importante manifesto que coloca pela primeira vez a Igreja Católica no centro do debate ambientalista e climático e que antecipa de alguma forma a discussão da Conferência Mundial sobre as Alterações Climáticas, em novembro próximo.
 
Ao todo estão selecionados cerca de 80 filmes, de 20 países, repartidos por várias seções competitivas, onde se inclui Longas e Curtas Internacionais, Séries e Documentários de Televisão, Longas e Curtas da Lusofonia e Panorama Regional e todos manifestam a preocupação e o reconhecimento da responsabilidade da mão humana no aquecimento global e necessidade de mudarmos o nosso estilo de vida, para salvar o planeta. A Encíclica é um documento extraordinário, que tem sido saudado por líderes religiosos, ambientalistas, investigadores, dirigentes de organizações internacionais e naturalmente inspirou a organização do CineEco 2015.
 

Reativação do Orfeão de Mêda


Inscrições abertas a toda a comunidade e a todas as idades.

Gosta de cantar? Gosta de novos desafios? Gosta de Coros? Então este desafio é indicado para si!
 
Numa ação conjunta entre a Autarquia e o Centro de Formação Musical de Mêda pretende-se assim reativar o Orfeão de Mêda, estando as inscrições abertas a toda a comunidade e a todas as idades. As inscrições podem ser feitas presencialmente na Casa Municipal da Cultura, ou pelo telefone 279 883 525 ou ainda através do email cfmusicalm@gmail.com
 
No próximo dia 2 de outubro pelas 21H00 irá ter lugar uma reunião na Casa Municipal da Cultura para todos os interessados de forma a que todas as questões sejam respondidas.
 
Venha juntar-se a nós e passe a palavra!
 

terça-feira, 18 de agosto de 2015

IPG recebe simpósio internacional em setembro


O Instituto Politécnico da Guarda vai receber de 1 a 4 de setembro um simpósio internacional. A iniciativa é do centro de Investigação em Sistemas de Eletromecatrónicos, que é uma unidade de investigação do Sistema Científico e Tecnológico Nacional, com sede na Universidade da Beira Interior, mas tem um laboratório de investigação em energias renováveis, no Instituto Politécnico da Guarda.
Este simpósio internacional decorre pela primeira vez em Portugal, tendo sido escolhido o IPG para acolher o encontro, como deu conta o Presidente do IPG, Constantino Rei e realça o facto de o simpósio internacional ser não só, uma mais valia para o IPG, mas também para economia local, uma vez que durante 4 dias, vão ficar pela cidade mais de uma centena de investigadores estrangeiros.
 
Fonte; Rádio F

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Festa da História 2015



 
27 e 28 de junho de 2015




Trancoso irá regressar ao passado no fim-de-semana de 27 e 28 de Junho de 2015, por ocasião da recriação das Bodas Reais de D. Dinis e Isabel de Aragão.
 A Festa da História assenta arraiais no centro histórico da cidade, sendo já um evento incontornável da nossa região.

Tal como antigamente, pelas ruas da cidadela medieval voltam a cruzar-se poetas, profetas, almocreves, físicos, sapateiros, ferreiros, nobres, cavaleiros, mas também mouros e judeus.

Haverá igualmente tendas onde se venderá pão, doces, arte e artesanato, adornos, licores e frutas, à mistura com tabernas, acampamentos militares e mesteirais medievais.

E como é de uma festa que se trata, não faltarão também bailias, trovas e trovadores, folguedos, desafios e torneios de armas, saltimbancos e bobos para divertimento do povo e dos visitantes.

Este ano, para além da recriação das bodas de D.Dinis com D. Isabel de Aragão, o evento conta ainda com actividades alusivas à figura do Padre Costa, personagem do imaginário trancosense que terá alegadamente vivido no século XV e muito terá contribuído para o povoamento do território com os seus 299 filhos.

Como habitualmente, a Festa da História envolve dezenas de figurantes, os alunos da Escola Profissional, e coletividades do concelho, numa organização da Câmara Municipal, Junta de Freguesia de Trancoso e Souto Maior e empresa municipal Trancoso Eventos, em parceria com o grupo de recriação histórica Cavaleiros e Damas D’El Rey.

 

PROGRAMA:

27 de JUNHO  “O JULGAMENTO DO PADRE COSTA”

10:00 - Abertura do Mercado

Visita do Homem da Vara aos Mercadores e Tendeiros.

11:00 - Os Suspeitos Compromissos do Padre Costa.

12:00 - Comeres e Beberes pelas tabernas do burgo.

Músicas e Bailias.

15:00 - As Peculiares Confissões do Padre Costa (Pelourinho).

15:30 - Saltimbancos e Contadores de Histórias.

16:00 - Danças e Folguedos (Praça D’ Dinis).

17:00 - Sermão do Padre Costa aos homens de Trancoso (Pelourinho).

18:00 - Músicas e Bailias, Saltimbancos e Contadores de Histórias nos terreiros do mercado.

20:30 - Aprisionamento do Padre Costa (Tascas)

21:30 - Visita ao Padre Costa das suas Fieis Devotas (Praça D’ Dinis).

22:30 - Julgamento do Padre Costa (Pelourinho).

23:00 - Espetáculo de Fogo (Praça D’ Dinis).

23:30 - Concerto Fora de Horas “TANIRA” (tascas).

 

28 de JUNHO  “BODAS REAIS – “D. DINIS E ISABEL DE ARAGÃO”

 

10:00 - Abertura do Mercado

Visita do Homem da Vara aos Mercadores e Tendeiros.

11:30 - Cortejo de Recebimento à Infanta Isabel de Aragão.

13:00 - Comeres e Beberes pelas tabernas do burgo.

Músicas e Bailias, Saltimbancos e Contadores de Histórias nos terreiros do mercado.

16:00 - Torneio de armas de cortesia entre Cavaleiros Portugueses e

Castelhanos (Praça D’ Dinis).

17:00 - Cortejo pelas ruas do burgo.

Esposamento e bodas de D’ Dinis e Isabel de Aragão.

Músicas e Bailias, Saltimbancos e Contadores de Histórias.

18:30 - Academia de Música.

19:00 - Encerramento dos Festejos