sábado, 1 de setembro de 2012

Má Despesa Pública: O portal Base é uma miséria!

Má Despesa Pública: O portal Base é uma miséria!: O Má Despesa pede desculpa pela linguagem utilizada, mas a nova versão do portal Base é ainda pior que a anterior. Em Junho tínhamos...

Ler e Reler - Campanha de Reutilização de Manuais Escolares

Após mais uma campanha de recolha de livros escolares, para reutilização, os interessados, comunidade escolar, já podem requisitar os livros escolares na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço.

A lista de manuais disponíveis podem ser consultados AQUI.

Ermidas Summer Fest em Santa Eufêmia


Pelo 4º ano consecutivo, o festival de música electrónica Ermida`s Summer Fest,  vai realizar-se a 31 de Agosto e 1 de Setembro, na Ermida N. Sra. das Fontes – Santa Eufêmia.

Uma organização Confraria dos Ermitães

Univest na Semana da Moda de Madrid

 
 

Fonte: Jornal Cinco QuinasA Univest, empresa de confeções do Soito (Sabugal), é uma das onze insígnias portuguesas que vão participar, entre sábado e segunda-feira, na 68ª edição da SIMM – Semana Internacional da Moda de Madrid.






O certame reúne 600 marcas e expositores de 15 países. De Portugal viajam produtos e representantes da Christina Félix, Cotton Park, Esamis Woman, Kalisson, Maggiolly, Off & Cina, Onara, Pé de Chumbo, Scripta, SMF – Jeans e a Univest. Dados divulgados pela delegação da AICEP em Madrid indicam que, «apesar do mercado espanhol ter vindo a apresentar, recentemente, dados de consumo decrescentes, Espanha continua a ser um comprador de moda muito importante a nível global». «Além de ser um dos cinco primeiros mercados do sector na Europa, o país conta com importantes grupos de distribuição com presença multinacional e com uma cadeia de fornecimento diversificada, em várias zonas do mundo», refere a AICEP. As empresas portuguesas do sector beneficiam, especialmente, da proximidade, que permite responder com agilidade às solicitações do mercado espanhol. No ano passado, Portugal foi o terceiro fornecedor da moda espanhola – subiu três postos no “ranking” – exportando para o país vizinho produtos no valor de 1.933 milhões de euros.

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

FIJUV 2012 - Festival Ibérico da Juventude

 


Mais informações no site oficial, AQUI.

Feira Medieval no castelo da cidade de Castelo Branco


A Feira Medieval de Castelo BrancoDias Templários’ realiza-se de 28 a 30 de setembro, no castelo da cidade, disse o presidente da Câmara de Castelo Branco, Joaquim Morão.
O evento organizado pelo município, pela junta de freguesia da sede de concelho e a Associação Comercial de Castelo Branco, inclui um mercado de artesãos, área de tormentos, assalto ao castelo, espetáculos de rua, de fogo, de espadas e teatro ao ar livre.
A feira tem como parceiros o Instituto Português do Desporto e da Juventude, a editora RVJ e o Ocreza – Centro de Investigação e no ano passado o evento teve mais de 130 expositores e foi visitado por cerca de 20 mil pessoas.

Ler mais em: http://www.asbeiras.pt/2012/08/feira-medieval-no-castelo-da-cidade-de-castelo-branco/

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Formação em-Modernização Administrativa e Gestão Pública

Modernização Administrativa e Gestão Pública
Descrição
A qualidade e modernização dos serviços prestados constituem vectores chave para aumentar a eficiência e eficácia das tarefas, a identificação e gestão de conflitos que ocorrem no âmbito dos organismos públicos ou das comunidades onde estes se inserem e melhorar as culturas organizacionais das instituições públicas.

Novo Curso
Horário: Pós-Laboral
Duração: 45 horas
Preço: 125 €

Desejo Inscrever-me

Horário
O horário será às segundas, quartas e sextas -feiras, das 19h00 às 23h00, com exepção dos dias 16 e 18 de Abril, que terminará às 23h30.
Local de Realização – Gesto Apreciativo Guarda
Objectivo geral do curso
• Dotar os/as Formandos/as de um conjunto de conhecimento, ferramentas e modelos de gestão pública sobre o funcionamento da Administração Pública em Portugal no contexto actual; bem como das principais reformas ocorridas tanto em Portugal como nas Administrações da União Europeia;
• Compreender os princípios e objectivos da Reforma da Administração Pública e integrar as preocupações da qualidade no processo de gestão dos Serviços Públicos;
• Identificar a importância da visão estratégica para a eficácia, eficiência e qualidade dos serviços públicos;
• Orientar escolhas sobre métodos e focos de mudança organizacional - gestão de recurso.
Objectivo específico do curso
Dotar os/as Formandos/as de um conjunto de conhecimento, ferramentas e modelos de gestão pública sobre o funcionamento da Administração Pública em Portugal no contexto actual; bem como das principais reformas ocorridas tanto em Portugal como nas Administrações da União Europeia;
População-alvo
·         Empregados/as;
·         Desempregados;
·         Trabalhadores da Administração Pública;
·         Todos/as os/as interessados/as na aquisição de conhecimentos sobre a modernização da administração pública.
1.    Conteúdo Programático
Módulo
Duração
Conceito de Serviço Público
2
Caracteristicas do serviço público
2
Setores Públicos e Privados
Gestão Pública
2
Gestão de Recursos Humanos no Serviço Público
4
Sistemas de Avaliação de Desempenho - SIADAP
10
Modelos de Administração e Gestão Pública
5
Adminisração Pública em Portugal
2
Reengenharia na Administração Pública em Portugal 
2
Conceitos de Reformas Administrativas
2
Ferramentas de Mudança
2
Processos de Mudança
3
Novo relacionamento entre a Administração Pública e os cidadãos
2
Variaveis de mudança
2
Ficha de Avaliação de conhecimento
1


Formação Profissional Especializada Directiva ATEX

Formação Profissional Especializada
Directiva ATEX
Descrição
A Directiva 94/9/CE, conhecida como Directiva ATEX, é aplicável aos aparelhos e sistemas de protecção destinados a serem utilizados em atmosferas potencialmente explosivas; aos dispositivos de segurança, de controlo e de regulação destinados a serem utilizados fora de atmosferas potencialmente explosivas, mas que sejam necessários ou que contribuam para o funcionamento seguro dos aparelhos e sistemas de protecção no que se refere aos riscos de explosão.
A Directiva 99/92/CE estabelece as regras de protecção dos trabalhadores, susceptíveis de serem expostos a riscos de atmosferas explosivas.
A Formação é promovida pela Entidade Gesto Apreciativo- Guarda
Formador(es)
Novo Curso
Horário: Pós-Laboral

Duração: 10 horas
Preço: 120 €
Início: 2012-09-28
Fim: 2012-09-29
Desejo Inscrever-me


Exposição sobre morcela no Paço da Cultura da Guarda


Na galeria de arte do Paço da Cultura da Guarda pode ser visitada, até ao dia 15 de setembro, uma exposição intitulada “Morcela da Guardatradição, saber e sabor“.
A mostra, promovida pela Câmara Municipal e pela Associação de Desenvolvimento Pró-Raia, pretende “homenagear um dos mais genuínos e característicos produtos gastronómicos do concelho”.
A tradição da matança do porco e do fabrico da morcela, apesar de não ter hoje a importância que assumia há algumas décadas, ainda se encontra presente em muitas aldeias do concelho da Guarda, segundo a autarquia.
A exposição, constituída por fotografias, vídeos e objetos ligados ao fabrico artesanal da morcela típica da região, pode ser visitada de terça-feira a sábado, das 14H00 às 20H00.

Diário as Beiras

Exposição desvenda o passado da cidade de Trancoso


‘Cogula e Trancoso, das pedras às vielas’ é o título da exposição de pintura de Adélia Ferreira e Albertina Bernardino que está patente ao público no Centro de Interpretação de Cogula até ao dia 31 de agosto.
“A cidade de Trancoso, antiga vila medieval, e Cogula, uma freguesia com ricos testemunhos que remontam a um passado recuado, inspiram duas artistas que transmitem para a tela impressões e formas de ver o património destas terras viradas para a cultura e desenvolvimento onde se conjugam recantos, cores e um tanto de emoções”, segundo os promotores da mostra.

(Texto: Agência Lusa) in Diário as Beiras

CIDB com sede em Belmonte


Fonte: Shutterstock Images - Licença Standard      
Trata-se dum projeto que pretende efetuar o estudo precoce de doenças crónicas da população da região, com incidência particular na área da diabetes.

Na última reunião pública do executivo, a Câmara Municipal de Belmonte deliberou por unanimidade ceder parte das instalações do antigo mercado, para a instalação da sede do Centro de Investigação e Desenvolvimento da Beira (CIDB). Amândio Melo refere que «neste espaço vai ficar a sede propriamente dita e também a sala de formação desde projeto, que pretende avaliar o impacto, na nossa região, das doenças crónicas da população com claros beneficios posteriores na área do tratamento médico e o nosso concelho deve sentir-se orgulhoso por ter esta possibilidade de aqui ser criado um centro de investigação com estas caracteristicas e que tem parcerias com outras instituições, como é o caso da Faculdade de Ciências da Saúde da UBI».
 

Câmara da Guarda mantém taxas da derrama e do IMI para 2013


Fonte: Guarda Digital     
A Câmara da Guarda decidiu manter em 2013 os valores das taxas de derrama e de IMI aplicados este ano, para evitar “agravar” as dificuldades económicas dos munícipes e empresários.

A autarquia, presidida pelo socialista Joaquim Valente, decidiu manter a taxa de derrama de 0,5 por cento sobre o lucro tributável das empresas com faturação superior a 150 mil euros e uma taxa reduzida de 0,25 por cento para as empresas com um volume de negócios até aos 150 mil euros. Na reunião de ontem do executivo municipal, a Câmara da Guarda também decidiu continuar a aplicar uma taxa de IMI de 0,4 por cento para os prédios urbanos avaliados nos termos do CIMI (Código do Imposto Municipal sobre Imóveis) e de 0,7 por cento para os restantes.
 

terça-feira, 28 de agosto de 2012

ANMP diz que lei 'não está adaptada à realidade' e aceita decisão de Leiria

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) considerou hoje que a decisão da autarquia de Leiria, que invocou o interesse público para violar a Lei dos Compromissos, é compreensível, porque a lei «não está adaptada à realidade local».

A Câmara de Leiria invocou hoje interesse público para violar a Lei dos Compromissos de forma a garantir refeições, transportes, componente de apoio à família e actividades extracurriculares a milhares de crianças do pré-escolar e 1.º ciclo.

«Creio que são posições que todos temos de compreender, até porque o chamado PAEL, o Plano de Financiamento à Economia Local, anunciado, ainda não está em vigor. Portanto, não dispondo dessas verbas para poder criar condições de funcionamento mínimo, há autarquias que estão na necessidade de fundamentarem o interesse público para utilizarem o fundo disponível», afirmou à Lusa António José Ganhão, vice-presidente da ANMP.

Para o dirigente, «de facto existe uma lei que não está adaptada à realidade local, àquilo que são as receitas das câmaras», que são «muito aleatórias» e resultam sobretudo de impostos, taxas e licenças.
Salvaguardando que não tem «informação detalhada» sobre se há mais autarquias a tomar a mesma decisão que a de Leiria, António José Ganhão afirmou que, «conforme se compreenderá, há autarquias que não têm fundo disponível resultante do cumprimento da Lei dos Compromissos».

Ler mais em: http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=57783

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Concerto solidário em Gouveia


    
 
Fonte: Diário As Beiras A Câmara Municipal de Gouveia promove, a 15 de setembro, um concerto solidário da Sociedade Recreativa e Musical de Moimenta da Serra, com o objetivo de angariar fundos para a mercearia da Loja Social da autarquia.

Segundo a autarquia, «para além de angariar fundos para a mercearia da Loja Social, esta iniciativa pretende reunir e sensibilizar a população do concelho para ações de solidariedade social para que todos possam contribuir para a melhoria das condições de vida dos que mais precisam». O município acrescenta que a aquisição do bilhete para o concerto é feita mediante a entrega de um, ou mais bens alimentares, na bilheteira do Teatro Cine de Gouveia.

CET’s do IPG em Almeida oferecem «novas oportunidades»

Fonte: Shutterstock Images - Licença Standard
CET’s do IPG em Almeida oferecem «novas oportunidades»
Segunda fase de candidaturas dos cursos de Gestão de Animação Turística e Técnicas de Gerontologia termina a 14 de setembro.

Acaba a 14 de setembro a segunda fase de candidaturas para os vários Cursos de Especialização Tecnológica (CET’s) que o Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai lecionar no próximo ano letivo. Este ano, pela primeira vez, o concelho de Almeida vai receber dois destes cursos pós-secundários, de ensino não superior, que poderão vir a proporcionar novas soluções à população do concelho raiano, mas também dos municípios limítrofes. Gestão de Animação Turística e Técnicas de Gerontologia são os dois CET’s a ministrar em Almeida, sendo que o primeiro também será lecionado em Seia e o segundo na Guarda. O presidente do IPG realça que não é a primeira vez que este tipo de cursos são organizados fora da Guarda e de Seia, recordando que a instituição também já o fez em Gouveia e em São Pedro do Sul. Em Almeida, Constantino Rei realça que a parceria estabelecida com o Agrupamento de Escolas local é «uma forma de otimizar recursos», indicando que «poderá haver professores excedentários» do agrupamento que poderão lecionar aulas dos dois CET’s. O responsável sublinha que neste momento estão a ser recebidas as candidaturas, estando «as coisas bem encaminhadas» para que o «desafio» colocado pelo Agrupamento de Escolas de Almeida e pelo presidente do município se concretize com sucesso. O presidente do IPG salienta a importância que estes dois cursos podem ter para a população local: «Sabemos que muitas das pessoas que frequentam estes cursos não têm capacidade de deslocação e se não fosse deste modo dificilmente teriam acesso a estas qualificações», refere. De resto, sustenta que a “deslocalização” dos CET’s se insere «na estratégia global do IPG e visa qualificar jovens e ativos inseridos no mercado de trabalho que têm maiores dificuldades de mobilidade». Constantino Rei acrescenta que, deste modo, o Politécnico está a contribuir «decisivamente para a qualificação das pessoas residentes em regiões do interior, fortemente desertificados», realçando ainda o benefício, em termos de qualificação, «para as empresas e instituições ali sedeadas». Também o presidente da Câmara de Almeida vê com bons olhos a vinda de CET’s para o concelho, já que são uma «mais-valia» e, nesse sentido, «temos de acolher todas estas iniciativas». Batista Ribeiro assume que «sempre» foi um «crítico da reforma do ensino a seguir ao 25 de abril», sustentando que «as escolas industriais eram uma mais-valia, esse papel foi secundarizado e o país pagou e continua a pagar caro por isso». O edil encara os CET’s como «uma forma de dar resposta a determinados setores» e «há muitos valores que se perdem porque não lhes é dada uma oportunidade». «O tempo o dirá mas espero que possamos ter adesão e penso que vai ser uma boa saída e, pelo menos, serão dadas novas oportunidades à população. Esses cursos também são importantes porque poderão ajudar a evitar o abandono escolar e espero que também possam oferecer novas saídas profissionais para quem os frequentar», reforça. Os CETs são uma formação pós-secundária não superior, que visa conferir qualificação profissional do nível 5. Aos mesmos podem aceder, entre outros, os titulares de um curso de ensino secundário ou de qualificação profissional de nível 4 e os alunos que, embora não o tenham concluído, tenham estado inscritos no 12º ano. Estes cursos permitem ainda o acesso ao ensino superior, podendo os alunos beneficiar de bolsas de estudo deste nível de ensino.

Feira de Antiguidades e Colecionismo na Guarda

Fonte: Município da Guarda
    
No dia 2 de setembro, a Praça Luís de Camões e a Rua do Comércio serão novamente palco da Feira de Antiguidades e Colecionismo da Guarda.

A Agência para a Promoção da Guarda promove, pelo sexto ano consecutivo, a Feira de Antiguidades e Colecionismo, a ter lugar no primeiro domingo dos meses de junho a outubro. A quarta edição deste ano será no dia 2 de setembro e, à semelhança de edições anteriores, decorrerá na Praça Luís de Camões e Rua do Comércio, a partir das 9 horas. A feira contará com mais de quatro dezenas de expositores, vindos de norte a sul do país, apresentando os mais variados produtos que vão desde os objetos decorativos, passando por livros e linhos até às verdadeiras relíquias. A animação infantil fará as delícias dos mais novos.